N Engenheiros

SEF vai reforçar Aeroporto de Faro após enchente de passageiros

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) disse ter assegurado esta semana o reforço de mais 12 inspetores afetos ao Aeroporto de Faro, avançando que, a partir de 1 de setembro, "haverá novo reforço de mais 10 inspetores".

A questão foi suscitada depois da abertura do corredor aéreo com o Reino Unido ter levado ao congestionamento na zona de controlo do Aeroporto Internacional de Faro, com muitos britânicos a escolherem o Algarve como destino de férias.

Em todo o caso, o SEF explica que "o controlo documental de passageiros no Aeroporto de Faro está a funcionar, por determinação da ANA Aeroportos, na chamada ‘zona de inverno’", pelo que, "não se encontra adequada a receber o exponencial crescimento do número de passageiros (+190%), após a abertura do corredor aéreo com o Reino Unido".

Esta zona de inverno, explicita ainda a autoridade responsável, contempla apenas 5 posições de controlo documental de passageiros na área de chegadas, "não tendo a ANA Aeroportos ainda aberto a ‘zona de verão’ que contempla 10 posições de controlo que permitiriam garantir maior celeridade no controlo de fronteira".

O SEF refere ainda que a situação de enchente (registada numa imagem que circula nas redes sociais), foi "pontual", registada em apenas uma hora, no dia 26 de agosto, no Aeroporto Internacional de Faro. "Nesse período de tempo, aterraram naquela estrutura aeroportuária oito voos, o que correspondeu a mais de 800 passageiros controlados na fronteira", esclarece.

O SEF informou ainda que vão ainda entrar em funcionamento, já a partir da próxima segunda feira, 16 e-gates de nova geração, que irão possibilitar um controlo de fronteira automatizado e em menos de 20 segundos ( 8 localizadas na zona das partidas e 8 nas chegadas).

 

Ademar Dias

Partilha este artigo