N Engenheiros

Portugal e a Andaluzia apostam na moda sustentável

As empresas de moda attega, ANULA Company e Mariana Soares representaram a cooperação entre Espanha e Portugal com a sua participação no CODE 41, num desfile que foi excelentemente recebido e que se realizou na antiga cidade romana de Itálica, na província de Sevilha

Depois de um ano particularmente difícil para todos os setores empresariais, entre eles o da moda, na província de Sevilha, em Espanha, celebrou-se no mês de março o primeiro encontro presencial da moda, em toda a Europa, no ano de 2021.

A Fundación Três Culturas, ciente de que juntos alcançaremos maiores desafios, participou neste evento anual graças ao projeto INTREPIDA plus, uma iniciativa de cooperação transfronteiriça entre Espanha e Portugal que pertence ao programa Interreg POCTEP e que apoia economicamente todas as atividades.

Este encontro com a moda converte-se numa montra que contribui para a internacionalização das empresas participantes, sendo este aspeto um dos mais destacáveis do projeto INTREPIDA plus, destinado a dar uma maior visibilidade em outros mercados às empresas geridas por mulheres na Andaluzia, no Algarve e no Alentejo.

O CODE 41 celebrou a edição número quinze da Semana da Moda na Andaluzia, que junta de novo a moda e o património histórico em quatro províncias Andaluzas. No caso de Sevilha, a capital da Andaluzia, o desfile da moda realizou-se na antiga cidade Romana de Itálica, situada na localidade de Santiponce a poucos quilómetros de Sevilha, a qual foi a primeira cidade romana fundada fora de Itália.

Esses espaços arqueológicos abertos ao ar livre, são lugares de exceção pela sua beleza, que permitiram também a presença de público garantindo ao mesmo tempo o cumprimento das medidas de segurança e o controle de assistência durante a pandemia pelo COVID-19.

O projeto INTREPIDA plus permitiu convidar para a XV Semana da Moda Andaluza duas empresas espanholas e uma portuguesa attega (Sevilla), ANULA Company (Córdoba) e Mariana Soares (Lisboa).

Estas designers com menos de 30 anos, demonstraram interesse em criar moda, respeitando ao mesmo tempo o meio ambiente ao escolher tecidos reciclados como no caso de ANULA Company, com certificados de qualidade ecofriendly e escassa pegada ecológica, como faz Mariana Soares ao usar linho e fios de algodão 100% fabricados em Portugal. Estas empresárias estão cientes do valor que podem trazer para as regiões e países em que habitualmente residem e trabalham, criando empregos e fabricando os seus produtos com mão de obra local, como faz attega em Sevilha e em Ubrique (Cádiz).

Nesse sentido, vale ressaltar que o setor da moda na Andaluzia, Espanha, não é apenas um dos setores que gera riqueza e emprego, mas também contribui para valorizar a marca da região e converter-se em embaixadora até mesmo do país. Algo que também acontece em Portugal, onde a moda portuguesa fora do seu país é um exemplo da qualidade nos materiais e no acabamento das peças de vestuário.

 

 

Empresas selecionadas pelo projeto INTREPIDA plus que desfilaram no CODE 41, na XV Semana da Moda da Andaluzia.

 

A empresa attega que desenvolve Gabriela Flores (Sevilha, 1997) apresentou uma coleção que nos convida a sonhar com uma primavera-verão cheia de sol e momentos descontraídos. Ciente do efeito que as cores exercem no nosso humor, a attega aposta em cores como, cor-de-rosa ligeiramente purpúreo, os amarelos e especialmente o branco para as calças que são largas e de algodão. Entre os tecidos destaca-se o tricô, o algodão liso e os tecidos impressos à mão usando a técnica Shibori. A empresa attega irrompeu no mercado dos complementos com bolsas para senhora que são renovadas a cada temporada e para esta seleciona a ráfia para a criação de bolsas leves, agradáveis ao toque e feitas artesanalmente. Em suma, a coleção incentiva-nos a ser cientes do valioso que é pararmos e relaxarmos para tomarmos uma maior consciência do momento em que vivemos.

 

ANULA Company coordenada conjuntamente por Paula Pérez (Córdoba, 1987) e Andrea Pareja (Córdoba, 1992) desde a sua oficina em Córdoba, apresentou-nos a nova coleção que leva o título Resiliência como reflexão após um ano que tem sido um desafio para todos e também para o seu trabalho. Essa proposta para a primavera-verão de 2021 segue a filosofia que rege a marca. Moda sustentável feita em Espanha, de forma ética e apostando pela mudança necessária dentro da indústria. Para esta nova temporada, a marca cordobesa propõe cores vivas como o cor-de-rosa e o cor-de-laranja e um Eco print requintado a cargo da artista onubense Charo Feria com a qual coincidiram no I Foro Empresarial INTREPIDA plus, organizado em Sevilla. Charo Feria faz uma estampagem utilizando as plantas que encontra no seu ambiente de trabalho em Huelva e em usar uma diversidade de técnicas. Como contraponto da coleção Resiliência estão as cores básicas como o branco e o cru, para dar pureza e versatilidade. Os tecidos com os quais foi feita a coleção, são desde o algodão orgânico, o linho reciclado, até um inovador fio de macramé de algodão orgânico que segue a técnica propriamente dita e que dá vida às peças de roupa, como uma saia apertada que cai pelo corpo.

A coleção é apoiada por duas grandes empresas consolidadas para completar os seus looks. Entre elas a FiligranaArt, empresa de artesanato cerâmico de Logronho, que cria peças artesanais exclusivas e que fornece joias sustentáveis. Por outro lado, Pitusas, também uma marca cordobesa que fabrica alpergatas com selo made in Spain e que nos últimos meses tem-se demarcado como referência no mundo da moda do calçado, calçando entre outros, a influencers do gabarito de María Pombo.

 

Mariana Soares (Lisboa, 1997), deslocou-se desde Lisboa para apresentar a sua nova coleção Ataraxia, termino que faz referência a um estado de ânimo que se caracteriza pela tranquilidade e pela ausência de medos. Como em outras ocasiões, Mariana apresentou peças versáteis que não foram desenhadas para um género em concreto e que se caracterizam, além disso, pelas formas amplas, oversize em algumas delas, uma constante no seu trabalho.

Esta coleção oferece conforto, relax e um jogo divertido com diferentes proporções. Entre os tecidos que usou não pôde faltar o crochê à mão com fios fornecidos pela empresa portuguesa Rosários4 que oferece fios certificados GOTS. Mariana usa o tricot para roupas menos convencionais, como são as calças que apresentou, conseguindo movimento e versatilidade. Nesta coleção ela enfoca duas peças de vestuário que para ela são fundamentais em qualquer guarda-roupa: a camisa e o casaco, roupas que ela reinventa dando-lhes a sua própria visão.

A paleta de cores que predomina na coleção, lembra-nos as frequentes visitas que Mariana faz ao oceanário de Lisboa. Assim, predominam os azuis, os cinzas, o branco e como contraste, a cor-de-laranja. Entre os tecidos, destacam-se as matérias-primas sustentáveis como o linho, o algodão orgânico e o Lyocell. Todos os materiais são reutilizados na criação de complementos.

A coleção de Mariana contou com a colaboração da empresa portuguesa de calçado Marita Moreno, uma referência em sapatos made in Portugal que cuida de todos os detalhes sem serem demasiado estritos com a moda para criar peças intemporais.

 

Todas as desenhadoras fazem referência à sua aprendizagem durante um ano de confinamento que, ainda continua de forma mais severa, em Portugal. As coleções passam-nos mensagens de otimismo, de calma, de regeneração e de aprendizagem, em qualquer situação que tenhamos de fazer frente.

A Fundación Tres Culturas del Mediterráneo é a Principal Beneficiária do projeto INTREPIDA plus, juntamente com os seguintes parceiros de Espanha e de Portugal: Mancomunidad Condado de Huelva, Diputación de Huelva, Núcleo de Empresários da Região de Portalegre (NERPOR), Núcleo Empresarial da Região de Évora (NERE) e do Município de Faro. O projeto INTREPIDA plus tem financiamento europeu do programa INTERREG VA Espanha-Portugal (POCTEP).

Mais informações sobre INTREPIDA plus: www.tresculturas.org/intrepida

Mais informação sobre o CODE 41: www.code41.es

 

 

Mais informação sobre as empresas:

 

Anula Company

https://anulacompany.com

info@anulacompany.com

@anulabrand

 

Colaborações:

Charo Feria

charoferia@hotmail.com

@charoferia

 

Filigranaart

https://filigranaart.com/

@filigranaArt

 

Pitusas

www.pitusas.es

@pitusas Espanha

 

 

Mariana Soares

@ikigaiknits

marianafgsoares@gmail.com

 

Colaborações:

Rosários4

https://rosarios4.com/

@rosarios_4

 

Marita Moreno

https://maritamoreno.com/

Instagram: @maritamoreno_pt

 

 

Attega

www.attega.es/

@attega_

tega.bag@gmail.com

Referências sobre attega em outras revistas

https://www.vogue.es/moda/articulos/tendencias-attega-firma-sevillana-generacion-z

https://www.harpersbazaar.com/es/moda/compras/a33478835/attega-firma-ropa-espanola-sevilla-etica-sostenible-instagram/

 

 

Ademar Dias

Partilha este artigo