N Engenheiros

Olhão: André Garcia Pimenta mostra livros pop-up na Biblioteca Municipal

Em Olhão, a Biblioteca Municipal José Mariano Gago apresenta, a partir do dia 21 de novembro e até 19 de dezembro, a exposição Museu do Papel em Movimento, da autoria de André Garcia Pimenta. No dia da abertura decorre também uma oficina pop-up ministrada pelo autor.

Esta mostra de livros pop-up que agora temos oportunidade de apreciar em Olhão, reúne exemplares desde a sua origem, no século XIX, até à contemporaneidade. A exposição mostra também o processo de produção de um pop-up com folhas impressas e os cortantes utilizados na sua fabricação.

No âmbito desta exposição, no dia da abertura ao público, 21 de novembro, realiza-se uma oficina pop-up para adultos, das 13h30 às 18h30. Nesta atividade, será referida a história dos livros mecânicos, das suas origens à contemporaneidade, com exemplos de livros de diversas épocas.

Os participantes serão desafiados à exploração prática dos principais mecanismos presentes nos pop-ups, podendo depois criar o seu próprio modelo com os conhecimentos adquiridos ou reproduzir um já existente.

As inscrições prévias são obrigatórias e podem ser feitas através do email biblioteca@cm-olhao.pt ou pelo telefone 289700130.

André Garcia Pimenta (Lisboa, 26 de agosto de 1982) é um autor português de livros mecânicos e autómatas de papel, formado em Artes Plásticas (Escultura) pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa e em Design pela Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa.

Os seus livros são editados pelo próprio e produzidos em Portugal, permitindo-lhe um melhor acompanhamento da produção, e um produto ecologicamente sustentável.

Paralelamente, coleciona livros mecânicos, realizando diversas exposições e oficinas, das quais se destaca a exposição “A Saltar do Livro” na Biblioteca Nacional de Portugal em 2016.

Iniciou em 2018 o projeto “Museu do Papel em Movimento”, uma plataforma que tem como objetivo promover o conhecimento, divulgação e fruição dos brinquedos de papel com movimento e mecanismos, com especial incidência no período entre finais do séc. XIX até à década de 60 do séc. XX.

A exposição pode ser visitada às segundas feiras das 13h00 às 18h30, de terça a sexta feira das 10h00 às 18h30 e aos sábados das 13h00 às 18h30.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo