N Engenheiros

Loulé ativa Unidade de Apoio à Saúde Pública

Foi ativada numa ala da Biblioteca Municipal de Loulé a UASP - Unidade de Apoio à Saúde Pública de Loulé, estrutura que visa fazer o acompanhamento da situação epidemiológica do concelho, constituindo um reforço à Saúde Pública do concelho.

Com o acentuar do surgimento de novos casos de infeção no início do ano, esta iniciativa nasceu de uma parceria com o ACES Central da Administração Regional de Saúde, a Unidade de Saúde Pública Local e a Câmara Municipal de Loulé, dada a necessidade de controlar de forma eficiente a pandemia por COVID-19 no concelho nas diversas fases.

Esta unidade foi instalada no edifício da Biblioteca, funciona diariamente, das 9h00 às 20h00, e integra uma equipa coordenada pela Autoridade de Saúde, na pessoa do delegado local de saúde.

Além da equipa da Saúde Pública de Loulé, esta unidade inclui diversos profissionais de saúde do ACES Central, técnicos da Câmara Municipal de Loulé e do Serviço Municipal de Proteção Civil e um militar da Guarda Nacional Republicana que, distribuídos por seis equipas de trabalho, irão dedicar-se a diversas áreas de gestão da pandemia no concelho. A realização de inquéritos epidemiológicos, a avaliação de indivíduos em vigilância ativa, a gestão de surtos, a requisição, planeamento e operacionalização de testes laboratoriais e o apoio administrativo e logísticos são algumas das funções que estes colaboradores desempenham nesta estrutura.

A criação da Unidade de Apoio à Saúde Pública de Loulé junta-se, assim, ao conjunto de iniciativas da Câmara Municipal de Loulé para apoiar e complementar o trabalho do Serviço Nacional de Saúde no contexto pandémico, de forma a dar uma respostas mais célere e eficaz aos utentes. É o caso da criação da Área dedicada a Doentes Respiratórios de Loulé (ADR), estrutura multifuncional instalada pela Autarquia, para consultas, zona de vacinação e de testagem; ou ainda a criação de Zonas de Apoio à População (ZAP).

 

Ademar Dias

Partilha este artigo