N Engenheiros

Faro: programação de Maio do Teatro das Figuras marcada pela diversidade

Após a recente reabertura de portas, a 19 de Abril, o Teatro das Figuras, em Faro, entra no mês de Maio com as datas e os horários da sua programação adaptados às regras em vigor.

O mês começa com o concerto A Música de Hogwarts, que promete guiar o público “à escola de magia mais conhecida do mundo, através da música que tão bem caracteriza os filmes de Harry Potter”, agendado para domingo 2 de maio, com início às 11h00.

No dia 6 de Maio, às 19H30, realiza-se o espectáculo de dança Falsos Amigos, criado por Miguel Pereira com o coreógrafo catalão Guillem Mont de Palol, em que tentam construir uma relação de amizade semântica falsa, posicionando-se num espaço de contraste entre o que há de semelhante e o que há de diferente, que resulta num discurso absurdo, delirante e divertido com recurso a palavras, gestos e objectos.

O espectáculo de humor Biografia Não Autorizada de Bruno Aleixo, que foi antecipado para sexta-feira, 7 de Maio, terá início às 19h30. O público poderá assistir a “uma retrospectiva biográfica dos principais momentos da vida de Bruno Aleixo, com vídeos inéditos, vídeos antigos (em que o seu mau feitio seja evidente) e ainda depoimentos de amigos, familiares e personalidades oprimidas”.

O humor cede o lugar à musica no espectáculo do trompetista luso-helvético Leon Baldesberger’s Meersalz, em que apresenta Grilled Orange, o terceiro álbum de originais, no dia 13 de Maio, às 19H30. Considerado “Best of Swiss Jazz Bachelor” em 2012, o projecto tem passado por palcos reputados na Suíça, Alemanha, Portugal e Espanha e traz agora ao Teatro das Figuras uma combinação de minimalismo, ritmos complexos, harmonias e improvisação.

O concerto de apresentação de Uma Palavra Começada por N, último trabalho de Noiserv editado em 2020, que “assume um tom mais confessional que os registos anteriores e aproxima-se mais do ouvinte através da sua sonoridade aliada à língua materna”, será apresentado na sexta-feira dia 14 de Maio, às 19h30. No dia seguinte, o músico regressa ao Teatro das Figuras para partilhar a sua experiência como compositor, num registo de conversa e diálogo com todos os participantes.

Em Maio as residências artísticas regressam à Ilha da Culatra. Os músicos Luís Fernandes (músico, artista sonoro e programador cultural) e Pierce Warnecke (artista visual e sonoro) irão captar o ambiente e a atmosfera daquela comunidade tão particular e traduzi-lo num registo sonoro. No dia 15 de Maio terá lugar a apresentação pública da residência, à população da Ilha da Culatra.

À música indie sucede a clássica, em Beethoven e a Sua Época, que terá lugar no dia 20 de Maio, às 19H00, com um concerto em que a música instrumental de câmara de grande escala consegue manter toda a sua intimidade. No âmbito da comemoração dos 250 anos do nascimento de Ludwig van Beethoven (1770-1827), esta é uma proposta que enquadra um dos mais notáveis compositores da história da música com outros célebres músicos da sua época. Nesta perspetiva, o compositor, pianista e pedagogo português João Domingos Bomtempo (1775-1842), assume um papel de relevo.

A programação de Maio oferece ainda mais uma palestra online, inserida no ciclo Vidas Com Arte, no dia 21, às 21H00, desta vez com Jesser Souza, que irá partilhar as suas histórias e percurso nas artes, com transmissão em direto no Facebook e no canal de Youtube do Teatro das Figuras. As propostas de teatro encerram no dia 27, às 19H30, com a apresentação de ATLÂNTICO, uma co-produção Copa-cabana, Teatro Nacional D. Maria II e Festival Citemor com o Teatro das Figuras, que parte de uma viagem de cruzeiro de Portugal em direção ao Brasil, atravessando um oceano que é lugar de fábulas e monstros, desafios e superações. Este é um espetáculo de Tiago Cadete, artista português que tem vivido entre Portugal e o Brasil e cujo trabalho se situa nas fronteiras entre as artes performativas e as artes visuais.

Maio termina com um espectáculo de música, da cantora de flamenco Maria José Llergo, no dia 29, em que apresenta o seu álbum de estreia Salvácion. O seu "Flamenco bastardo”, coloca a sua voz em primeiro plano, doce e profunda, flutuando na música eletrónica etérea e ambiental, como um mantra: além do compromisso com as próprias raízes, María José Llergo pratica meditação, o que permite contextualizar um álbum que de outra forma seria incompreensível.

Como tem ocorrido em situações semelhantes, os bilhetes adquiridos são válidos para as novas datas e horários.

Recorde-se que os horários poderão ser redefinidos em função da evolução das regras estabelecidas e comunicados nos canais oficiais do Teatro das Figuras, nomeadamente o sítio de internet e redes sociais.

 

TEATRO DAS FIGURAS

www.teatrodasfiguras.pt

Facebook - https://www.facebook.com/teatrodasfiguras

Instagram - https://instagram.com/teatrodasfiguras?igshid=19pmayzvti25v

 

 

Ademar Dias

Partilha este artigo