N Engenheiros

CHUA promoveu visita a exposição «A saúde de uma comunidade: Loulé na 1ª metade do século XX»

A visita à exposição «A saúde de uma comunidade: Loulé na 1ª metade do século XX», patente no Museu de Loulé, foi o tema do último «Hoscult – Património Saúde», que decorreu no sábado, 20 de novembro. Este projeto, promovido pelo Gabinete de Comunicação e Relações Exteriores do Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), tem como objetivo envolver a comunidade Hospitalar através da valorização da história e património ligado à saúde na região do Algarve.

A exposição «A saúde de uma comunidade: Loulé na 1ª metade do século XX», guiada pelo investigador João Sabóia, deu a conhecer os cuidados de saúde no concelho de Loulé, num tempo em que os hábitos de higiene eram praticamente inexistentes, contribuindo para a proliferação de diversas doenças.

Esta exposição, que ganhou uma menção honrosa na categoria de Exposições Temporárias, na cerimónia anual de atribuição dos prémios da APOM – Associação Portuguesa de Museologia, expõe a ação da autarquia na defesa e promoção da saúde dos seus munícipes, bem como o importante papel desempenhado pelos médicos municipais em prol da saúde pública.

A visita contou ainda com a orientação de Cristina Fé Santos, do Gabinete de Comunicação do CHUA.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo