N Engenheiros

Campanha de controlo urbano de pragas no município de Castro Marim

O Município de Castro Marim já iniciou, neste mês de julho, as ações de controlo das pragas urbanas, com a finalidade de proteger a saúde e o bem-estar das populações e do património.

As ações de desinfestação, executadas por uma empresa contratada para o efeito, controlam pragas urbanas de ratos, baratas (redes de águas residuais), larvas de mosquito na prevenção do Vírus do Nilo (locais onde sejam previsíveis a presença de larvas) e “processionária do pinheiro” (espaços verdes urbanos).

De referir que não se exterminam as pragas, as ações são de controlo, evitando assim a propagação de doenças infetocontagiosas.

Fora das campanhas programadas, a Câmara Municipal de Castro Marim tem um serviço de atendimento e registo de pedidos (gam@cm-castromarim.pt | 281 510 778), ao qual deve ser fornecido, sempre que possível, o local específico do foco e telefone para contacto. Os pedidos são depois são encaminhados à empresa contratada para efetuar controlo de pragas no município.

Como agir para evitar e controlar pragas:

- Coloque sempre o lixo em sacos fechados dentro dos contentores e mantenha a tampa dos contentores fechada. Se o contentor estiver cheio, não deixe o saco no chão, procure o contentor mais próximo. Evita assim o aparecimento de pragas urbanas;

- Limpe bem atrás do fogão, frigorífico, micro-ondas, máquina de café. Estas fontes de calor são ótimas para o aparecimento de baratas;

- Manter a bancada do lava-loiça bem seca e limpa;

- Tape as tocas ou buracos das paredes e vede as fendas das portas e janelas;

- Elimine pequenos charcos de água estagnada, pois são propícios à postura de larvas de mosquitos;

- Proteja os alimentos e não abandone restos de comida;

- Não alimente os animais domésticos a via pública, pois alimentará também as pragas urbanas;

- Não mexa nem permita que mexam nos iscos colocados pelas equipas de controlo de pragas na via pública;

- No caso de infestação pragas nas habitações efetuar desinfestação utilizando produtos específico adequado ao tipo de praga;

- No caso de não conseguir controlar a infestação solicite apoio de equipa especializada.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo