N Engenheiros

Albufeira: autarquia isenta comerciantes de tarifas por três meses

Em reunião do executivo de Albufeira foi deliberado isentar todos os agentes económicos que tenham contadores de água no concelho, não domésticos, bem como das tarifas fixas de águas residuais e resíduos sólidos durante três meses para ajudar a mitigar os efeitos nefastos da pandemia. A medida vem assim apoiar comerciantes e industriais durante os meses de janeiro, fevereiro e março deste ano. Com esta medida, explica o presidente da Câmara Municipal, “asseguramos uma poupança mensal mínima para estes agentes económicos de €25,12 + Iva, isenção essa que poderá ir até €177,52 + iva mensais”.

Num concelho cuja economia depende diretamente do turismo, são muitos os empresários com graves dificuldades, pelo que agora, verão o valor da sua fatura diminuída ao longo deste primeiro trimestre de 2021. “O turismo é das atividades que mais tem sofrido com a pandemia devido às restrições com deslocações e ajuntamentos e não se prevê, pelo menos nos meses de janeiro, fevereiro e março, qualquer melhoria da economia, mas antes um agravamento da situação económica das empresas que continuam a laborar, com diminuição de lucros e acréscimos de custos”, esclarece José Carlos Rolo, na proposta apresentada ao restante executivo.

Refira-se que as tarifas fixas de abastecimento de água para os contadores não domésticos são variáveis e podem ir de um valor mínimo de €6,00 + Iva até €158,40 + Iva. Já as tarifas de águas residuais são fixas e no valor de €10,12 + Iva, ao passo que as tarifas dos resíduos sólidos, também fixas, são no valor de €9,00 + Iva. Deste modo, explica o autarca, “asseguramos uma poupança mensal mínima para estes agentes económicos de €25,12 + Iva, isenção essa que poderá ir até €177,52 + iva mensais”.

Recorde-se que de abril a julho do ano passado, o Município isentou todos os consumidores domésticos do pagamento das taxas fixas de água, águas residuais e resíduos sólidos, com o objetivo de apoiar as famílias, abaladas pelos efeitos da pandemia por Covid-19, diminuindo assim os custos fixos mensais.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo