VOLTA 7ª Etapa: Rui Sousa vence no alto da Torre

A etapa rainha da Volta a Portugal em bicicleta não defraudou ao amantes do ciclismo.

Começamos por contar o dia negro da Caja Rural, com Luis Leon Sanchez à cabeça. O espanhol desistiu da luta logo na primeira dificuldade do dia e ainda a meio da etapa já perdia mais de 10 minutos para os favoritos. Ruben Fernandez também disse adeus à liderança da juventude, ainda assim a Caja Rural salva a Camisola Branca que agora é envergada por Heiner Parra. 
Depois, já na subida à Torre, a fuga do dia foi anulada, com os últimos resistentes a serem Daniel Silva (Radio Popular/Boavista) e Hernani Broco (Louletano/Dunas Douradas).

Rui Sousa foi, entre os favoritos, o protagonista. Atacou e atacou bem, como prometido! O ciclista da Radio Popupar/Boavista deixou o Camisola Amarela para trás, mas a OFM/Quinta da Lixa tinha um trunfo na manga. Delio Fernandez, companheiro de equipa de Gustavo Veloso, e melhor colocado na geral do que o português, foi com este serra acima. 

Rui Sousa e Delio Fernandez alcançaram mais de 50 segundos de vantagem para o grupo do líder, e a 4 quilómetros do alto da Torre foi jogada a cartada decisiva. A OFM/Quinta da Lixa ordenou a Delio Fernandez que, literalmente, parasse para rebocar Gustavo Veloso. Ordem cumprida com vista à geral individual, Rui Sousa partiu a 1m07s da Amarela e a diferença estava quase anulada.

Rui Sousa deu mesmo tudo, venceu, cumpriu os 172,5 quilómetros desde Belmonte até à Torre em 5h06m39s, a uma média de 33,7km/h.

Seguiu-se o grupo de Joni Brandão (Efapel/Glassdrive), Edgar Pinto (LA Alumínios/Antarte) e Gustavo Veloso, que chegaram por esta ordem a 39 segundos.

Sandro Pinto (Louletano/Dunas Douradas) foi quinto a 47 segundos.

Ricardo Mestre (Efapel/Glassdrive) saiu da discussão, Amaro Antunes (Banco BIC/Carmim/Tavira) foi o melhor da formação tavirense já a 4m20s sensivelmente, já Luis Leon Sanchez, “tirou bilhete”.

A liderança da geral individual continua na posse de Gustavo Veloso. Rui Sousa é agora 2º a 28 segundos; Edgar Pinto, um dos que mais atacou na subida final, é 3º a 30 segundos; Joni Brandão é o 4º a 43 segundos; enquanto que o “sacrificado” Delio Fernandez é 5º a 1m03s. Segue-se Ricardo Mestre, 6º, já a 2m19s.

E nesta sexta-feira corre-se a 8ª etapa. São 194 quilómetro do Sabugal a Castelo Branco.

Acompanha a 76ª Volta a Portugal em bicicleta na Horizonte Algarve, em 96.9FM e 106.8FM, e também em www.radiohorizonte.com e www.algarvenoticias.com.

Quanto ao Diário da Volta, a primeira emissão está agendada para as 20h00, com repetição no mesmo dia às 21h00 e no dia seguinte às 07h00, 08h00 e 09h00.

Segue-nos