Valas e Holly Hood são cabeças de cartaz da primeira edição do festival ‘Geração VRSA’

Vila Real de Santo António recebe, nos dias 23 e 24 de março, a primeira edição do Festival «Geração VRSA». Concertos, performances, workshops e uma mostra associativa vão marcar esta iniciativa especialmente dedicada ao público jovem, que conta com Valas e Holly Hood como cabeças de cartaz logo na edição de arranque.

O «Geração VRSA» será também o pontapé de saída de um projeto mais vasto para unir as estruturas juvenis e as associações formais e informais do município que, durante dois dias, terão um espaço livre para divulgar as suas atividades e um microfone aberto para exporem o seu trabalho.

Por essa razão, a programação do festival foi também preparada em conjunto com os estudantes dos vários agrupamentos de escolas do concelho, que tiveram uma palavra a dizer na escolhas dos artistas e no alinhamento do festival.

Um dos pontos altos será a Mostra Associativa, que terá lugar nos dias 23 e 24 de março, na Praça Marquês de Pombal, onde perto de duas dezenas de coletividades locais irão mostrar o seu trabalho e apresentar diversas performances.

No sábado, dia 24, a tarde será dedicada aos workshops que irão pôr em prática áreas tão diferentes como fotografia, culinária, hip hop, arte, scratch ou teatro.

No que toca aos concertos, o dia 23 estará aos comandos de Andrums e Valas, enquanto no dia 24 de março o palco principal é de Possesivo e Holly Hood.

Com forte ligação ao hip hop, Valas já deu mais de 100 concertos em Portugal, sendo a grande maioria com o seu grupo Matilha 401. Em 2016 assinou contrato com a Universal Music Portugal e, logo de seguida, entrou em estúdio com Lhast para trabalhar no seu primeiro single com o selo da editora multinacional: «As Coisas».

Incondicional fã de rap, Holly Hood já passou por palcos como o Meo Sudoeste, Lux Frágil ou o Festival Iminente. Depois desse impacto, empenhou-se em preparar a segunda parte do seu disco, «Sangue Ruim», da qual se destacam os singles «Ignorante» e «Cala a Boca».

Os dois concertos terão lugar no Centro Cultural António Aleixo, em Vila Real de Santo António. A entrada diária para os espetáculos custa 6 euros, estando também disponíveis passes para os dois dias pelo valor de 10 euros.

O Festival Geração VRSA 2018 é organizado pela Câmara Municipal de VRSA e conta com o apoio dos clubes, coletividades e associações do concelho e dos Agrupamentos de Escolas D. José I e de VRSA. À exceção dos concertos, todas as atividades são de participação livre e grátis.

Programação completa em www.cm-vrsa.pt

Segue-nos