Sociedade pouco favorável ao empreendedorismo

Apenas 16% dos portugueses consideram a sua sociedade favorável ao empreendedorismo, valor que nos coloca no penúltimo lugar de uma lista de 44 países avaliados pelo Estudo Global de Empreendedorismo de 2015 da Amway.

A média nacional fica muito abaixo da média europeia (46%) e traduz uma opinião negativa que se verifica mesmo entre os mais jovens. No caso luso, são 80% os que assumem que a sociedade portuguesa é hostil à criação do próprio negócio, uma percentagem igualmente baixa quando comparada com a média global (53%).

«É complicado avançar com uma carreira empreendedora quando o ambiente não é positivo», refere Rui Baptista, professor catedrático e presidente do Departamento de Engenharia e Gestão do Instituto Superior Técnico em Lisboa e assessor académico do estudo. «Por essa razão é extremamente importante pensar em alternativas para alterar a situação e fazer com que a sociedade portuguesa apoie ainda mais e de forma mais clara os seus empreendedores», adianta o investigador.

 

Ademar Dias

Segue-nos