Ciclismo: Martin vence na Fóia e é líder

A etapa rainha da edição 42 da Volta ao Algarve em bicicleta não defraudou as expetativas dos amantes do ciclismo. Uma fuga dominou a primeira fase da tirada, mas com aproximação à montanha cerraram-se fileiras e depois a corrida agitou e cumpriu os desígnios de uma grande etapa no que a emoção e incerteza pelo resultado diz respeito.

Pouco depois do pelotão sair de Lagoa para uma etapa de 189,3 km surgiu na dianteira um grupo de oito homens, que chegou a ter quase 4 minutos de vantagem, e onde o destaque foi para Adam de Vos. O ciclista da Rally Cycling passou na frente na primeira montanha do dia e manteve a Camisola Azul, símbolo da liderança nesta classificação.

A partir daí abriram-se as hostilidades. A fuga foi anulada rapidamente e as equipas posicionaram-se para a subida final. Aí atacou a Quick-Step Floors com um trio a destacar-se ainda nas rampas iniciais da Fóia. Daniel Martin, Zdenek Sybar e Enric Mas, os três homens em questão, obrigaram a concorrência a responder de imediato e alguns ciclistas conseguiram juntar-se a este grupo.

Daniel Martin assumiu-se como o candidato da equipa à vitória e pouco depois sobrava um quarteto na frente. Para além do irlandês estavam lá Primoz Roglic, Michal Kwiatkowski e Amaro Antunes. Ficaram dois, Martin e Roglic, e foi entre estes dois que se discutiu a vitória.

Daniel Martin venceu após 4h46m35s de corrida (189,3 km), a uma média superior a 39km/h. Roglic (Team Lotto NL – Jumbo) foi segundo com o mesmo tempo do atleta da Quick-Step Floors, Kwiatkowski (Team Sky) foi terceiro a 20 segundos, e a 33 segundos chegaram, Amaro Antunes (W52/ FC Porto) e Rinaldo Nocentini (Sporting/Tavira), no quarto e quinto postos, respetivamente.

 

Esta foi a classificação da etapa:

1.º Daniel Martin (Quick-Step Floors), 4h46m35s (39,632 km/h)

2.ª Primoz Roglic (Team Lotto NL-Jumbo), mt

3.º Michal Kwiatkowski (Team Sky), a 20s

4.º Amaro Antunes (W52-FC Porto), a 33s

5.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), mt

6.º Luis León Sánchez (Astana), a 35s

7.º Jonathan Castroviejo (Movistar Team), mt

8.º Tony Gallopin (Lotto Soudal), mt

9.º Edgar Pinto (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), mt

10.º Tiesj Benoot (Lotto Soudal), a 46s

 

Na geral individual, o líder é agora Daniel Martin. Roglic é segundo a 4s, Kwiatkowski terceiro a 26, e a 43s surgem Amaro Antunes e Rinaldo Nocentini,

 

Esta é a classificação geral:

1.º Daniel Martin (Quick-Step Floors), 9h14m56s

2.ª Primoz Roglic (Team Lotto NL-Jumbo), a 4s

3.º Michal Kwiatkowski (Team Sky), a 26s

4.º Tony Gallopin (Lotto Soudal), a 42s

5.º Amaro Antunes (W52-FC Porto), a 43s

6.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), mt

7.º Luis León Sánchez (Astana), a 45s

8.º Edgar Pinto (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), mt

9.º Jonathan Castroviejo (Movistar Team), mt

10.º Tiesj Benoot (Lotto Soudal), a 46s

 

E nesta sexta-feira corre-se a terceira etapa da Volta ao Algarve. Trata-se do Contra Relógio Individual de 18 quilómetros que vai ser corrido em Sagres. Mais um dia de decisões e que vai mudar a classificação.

 

Acompanhe a Volta ao Algarve em direto na emissão da Horizonte Algarve.

Acompanhe o Diário da Volta com emissão às 20 horas e repetição às 21 horas e ainda no dia seguinte às 7 horas, 8 horas e 9 horas.

Pedale com a Horizonte Algarve, em 96.9FM e 106.8FM e ainda na emissão online em www.radiohorizonte.com.

Segue-nos